sexta-feira, 8 de agosto de 2008

.
E tem gente que diz que o cigarro não é droga.
.
.
Na fumaça do cigarro ou derivados estão presentes 4.720 substâncias tóxicas. Entre elas, o monóxido de carbono que provoca má oxigenação, o alcatrão que é cancerígeno e a nicotina que causa dependência. Contém também urânio, plutônio, tório e polônio-210 (e mais outras 60 substâncias também radioativas).
.
.

.
O cigarro tem muito mais do que nicotina e alcatrão.
A cada tragada o fumante ingere um coquetel
de substâncias químicas que fazem mal
e que os fabricantes não mostram.
Veja abaixo algumas das substâncias que o cigarro
contém, altamente nocivas à saúde.
Fique esperto!
O cigarro é droga, causa dependência e mata.
.
.

A amônia e seus derivados - uréia, nitrato de amônio e outros - são usados na agricultura como fertilizantes. Também é componente de vários produtos de limpeza, por exemplo, produto de limpeza de banheiro. Outro produto derivado da amônia é o ácido nítrico. A amônia é usada pelos fabricantes para aumentar a absorção da nicotina.

.

Esplosivo que provoca tosse, falta de ar e até câncer, a pólvora é adicionada ao cigarro para facilitar a queima.
.
.


Na Roma Antiga, devido à escassez de adoçantes além do mel, muitos ferviam suco de uva em potes de chumbo para a produção de um xarope de açúcar chamado sapa. Este era usado para adoçar o vinho e frutas. Existe a suspeita de que seu consumo excessivo tenha causado intoxicação, provocando insanidade e morte em várias figuras do Império Romano. Como qualquer composto de chumbo, o acetato de chumbo é altamente tóxico. Se inalado ou ingerido atrapalha o crescimento, causa dor de cabeça e pode gerar câncer.

.

O formol é tóxico quando ingerido, inalado ou quando entra em contato com a pele, por via intravenosa, intraperitoneal ou subcutânea. Em concentrações de 20 ppm (partes por milhão) no ar causa rapidamente irritação nos olhos. Sob a forma de gás é mais perigoso do que em estado de vapor. Carcinogenicidade (avaliação do potencial cancerígeno): Em quatro instituições internacionais de pesquisa foi comprovado o potencial carcinogênico do formaldeido.
Em 1995, a Agência Internacional de Pesquisa em Câncer (IARC) classificou este composto como sendo carcinogênico para humanos (Grupo 1, julho 2004), tumorogênico, teratogênico por produzir efeitos na reprodução para humanos. Em estudos experimentais, demonstraram ser também para algumas espécies de animais.
Agência de Proteção Ambiental (EPA), dos EUA: “O composto foi avaliado pelo grupo de avaliação de carcinogenicidade da ACGIH e foi considerado suspeito de causar câncer em humanos “.
Associação de Saúde e Segurança Ocupacional (OSHA), dos EUA: considera que o agente é suspeito de causar câncer para humanos.
O Programa Nacional de Toxicologia dos EUA (Fourth Annual Report on Carcinogens) de 1984 considerou que o formaldeído é um agente cancerígeno nas seguintes doses para ratos: por via oral, 1170 mg/kg/; por via dérmica 350 mg/kg e por via inalatória 15 ppm/6 horas. Usado para conservar cadáveres, provoca câncer no pulmão, problemas respiratórios e gastrointestinais.

.


Inseticida usado como antipulgas. provoca irritação na pele e lesões no aparelho respiratório.

.


É um dos metais mais tóxicos, que causa danos aos rins e ao cérebro. A toxicidade que apresenta é similar a do mercúrio. Presente em pilhas e baterias.

.


O Fósforo ( P4 ou P6) entra na preparação de veneno para ratos. É venenoso e letal, dependendo da porção ingerida. No cigarro, os fabricantes se recusam a informar a quantidade adicionada ao produto.
.
.

É um líquido incolor de odor e sabor fáceis de distinguir. Evapora facilmente, é inflamável e solúvel em água. A acetona é utilizada como solvente em esmaltes, tintas e vernizes. Possui emprego na indústria de explosivos como gelatinizante da pólvora sem fumaça (nitrocelulose). Causa irritação na pele, na garganta e dor de cabeça.

.

A naftalina usada antigamente como agente antitraça, é um composto de partida para o fabrico de muitos produtos químicos, como por exemplo o ácido ftálico, corantes, plásticos, solventes e derivados halogenados da naftalina (insecticidas, fungicidas e impregnantes para madeira).Veneno empregado para afastar baratas. O contato prolongado ataca os rins e os olhos.

.

É usado como solventes e precursor de outros produtos químicos, sendo encontrados no alcatrão e no petróleo. Cancerígeno presente em tintas spray. Causa tontura, dor de cabeça e perda da consciência.

.

.

Fontes:

Ministério da Saúde

http://www.inca.gov.br/tabagismo/

http://pt.wikipedia.org/wiki/Tabagismo

.

3 comentários:

Anônimo disse...

Oi, Dra.Silvia. Lembra de mim? A swenhora vtrata do Chico meu marido. O álcol e o cigarro estão acabando com a família brasileira, disto estou certa porqe tenho caso na família. Peço a senhora e tambem aos políticos que criem msais leis e aja mais rigor com o fumo e a bebida alcólica.Obrigado.

Marta Olivindo

Francisco Castro disse...

Oi, gostei muito do seu blog.

Parabéns!

Um abraço

direitinho disse...

Fui fumador desde os 20 anos e nunca fui alertado dos seus malefícios.Fumei quase 40anos.
Graças a Deus que consegui cortar de vez com o tabaco. Hoje nem o cheiro suporto. Sempre que posso alerto mas o vício cega e nem ouvem. Tenho vergonha de ter sido fumador tantos anos e nunca ter tido coragem para -STOP
Obrigado pelo seu trabalho que está muito elucidativo.