sábado, 28 de março de 2009

.
.
NEVOS PIGMENTADOS
.
.
Nevos, em sentido lato, são anomalias de desenvolvimento da pele ( hamartomas), que se manifestam por hiperplasia (crescimento exagerado por proliferação exagerada das células), hipoplasia ( no caso, subdesenvolvimento do tecido) ou aplasia (desenvolvimento incompleto ou imperfeito) dos elementos constituintes da epiderme e da derme.

Podemos ver os nevos já ao nascimento, no entanto, a maior parte deles surge após semanas ou meses, por vezes na adolescência ou na idade adulta.

Os nevos aumentam de tamanho com o crescimento do corpo e fixam-se para sempre em determinada dimensão.

Alguns acompanham outras alterações orgânicas, constituindo genopatias complexas.
.
.
.
Síndrome do Nevo Epidérmico
( Imagem extraída do Dermatlas)

Os nevos epidérmicos são formações hamartomatosas
que têm origem no folheto ectodérmico e mesodérmico e
são caracterizados por diferentes tipos de lesões cutâneas.
Apresentam-se clinicamente como placas discretamente
elevadas, cor da pele ou hipercrômicas e, na evolução,
tornam-se aveludadas e verrucosas.
Dependendo do tipo celular predominante, queratinó-
citos ou apêndices cutâneos, dará origem aos diferentes
tipos de nevos, ou seja, queratinocítico, sebáceo, comedô-
nico e das glândulas écrinas e apócrinas. São exemplos
desse tipo de lesão o nevo sebáceo de Jadassohn, o nevo
verrucoso, a ictiose histrix, entre outros.
Em um terço dos pacientes o nevo epidérmico pode
estar acompanhado de anormalidades em outros sistemas
orgânicos. A associação desses tipos de nevos com
anormalidades congênitas do sistema nervoso central,
oculares e ósseas é de aparecimento esporádico e constitui
a chamada síndrome do nevo epidérmico.
.
.

Síndrome do Nevo Sebáceo
variante da síndrome do nevo epidérmico
(Imagem extraída do Dermatlas)

Há nevos com feição hereditária, podendo surgir até em idêntico local de diversos indivíduos da mesma família.

Determinados nevos, decorrido certo tempo de progressão, reduzem-se a pouco e pouco e desaprecem. Um número restrito pode evoluir para neoplasia maligna.
.
.

.
Veja a diferença entre essas duas lesões:
.
.

A primeira lesão: simétrica, contorno regular, cor uniforme. É benigna, trata-se de um nevo melanocítico.
.
A segunda lesão: assimétrica, borda irregular, cores diferentes ( marrom e preto), diâmetro maior do que 0,6 ccm. É maligna, trata-se de um melanoma e pode ser comprovada por biópsia e histopatológico.


NEVOS PIGMENTADOS ( SINAIS) - de modo sucinto, aqui citaremos alguns deles.
.
Sinonímia: Nevos melanocíticos, nevos nevocelulares, nevos nevocíticos.
São todas as formações névicas em que geralmente há proliferação de melanócitos ( células produtoras de melanina, o pigmento negro encontrado em locais diversos do corpo, como pele, pêlos, e em certos tumores, etc. ). Grande variedade clínica e patológica. A grande maioria não tem potencial para malignidade - menos de 20% dos melanomas se originam sobre nevo. Os diferentes tipos de nevos pigmentados confundem-se freqüentemente, sendo por vezes difícil caracterizá-los clinicamente. Sendo assim, compete à histopatologia definí-los.

Podem ser:

Congênitos - presentes ao nascimento, 1% dos nascidos vivos.

.
Nevo melanocítico congênito gigante ( imagem extraída do Dermatlas )

.

Nevo melocítico congênito gigante ( imagem extraída do Dermatlas )

Adquiridos: desde a infância, em geral aos 30 anos se tem 20 a 30 nevos.
.

Nessa imagem, vemos alguns nevos melanocíticos e nevo melanocítico atípico, que merece uma atenção especial. (Imagem extraída do Dermatlas )
.
Podem desaparecer, decorrido certo tempo de progressão, com perda de pigmento e involução progressiva. É raro encontrar no idoso nevos pigmentados adquiridos.
.
A seguir, vamos ver alguns tipos de nevos pigmentados:
.

Nevo de Ota ( imagem extraída do Dermatlas)

Nevos de Ota e de Ito - estas lesões são caracterizadas por uma extensa hiperpigmentação maculosa azulada unilateral. Se aparecer na região suprida pelas divisões oftálmica e maxilar do nervo trigêmeo, é conhecida como nevo de Ota. Muitas vezes há pigmentação na esclerótica e nos tecidos orbitários até o periósteo; às vezes também nas mucosas da faringe, palato e nariz. Ainda que seja raro, apontam-se casos de malignização ( Fonseca, Aureliano & Faria, J. Lopes )
.

Nevo de Ota, com pigmentação da esclerótica ( imagem extraída do Dermatlas )

Se ocorrer na região suprida pelos nervos supraclavicular posterior e cutâneo braquial lateral, é conhecido como nevo de Ito.

.
Nevo de Ito ( imagem extraída do Dermatlas )

.

Nevo Spillus ( imagem extraída do Dermatlas)

A erupção pode ocorrer em uma distribuição segmentar. Pode associar-se com neurofibromatose.

.

Nevo Azul - a lesão é elevada a mostra-se de cor azul ou azul-negra. O dorso da mão é uma localização comum. É totalmente benigna. As células névicas estão presentes na derme inferior e a luz incidente resulta em refração azul.

.

Nevo de Becker - é mais comum em homens e embora o tórax, o ombro e braços sejam os locais usuais de comprometimento, pode surgir em qualquer lugar. É pigmetado e subseqüentemente desenvolve pêlos espessos, grosseiros.

.

Nevo pigentado verrucoso ( Imagem extraída do link: http://www.dermatologiaestetica.net/)

Nevo Pigmentado Verrucoso - circunscrito, resulta do desenvolvimento excessivo das estruturas epidérmicas, incluindo, obviamente, abundância de células névicas. Tal formação toma aspecto granitado-verrucos e pode ser de pequeno tamanho ou, pelo contrário, extenso, formado por numerosos elementos aglutinados, constinuindo "placas" mais ou menos extensas, com ou sem pêlos.


Nevus piloso pigmentado gigante, transformado em melanoma maligno.


Vista lateral do mesmo paciente.


Observe a acentuada distensão abdominal e a caquexia.
.

Nevo de Sutton - sob este nome designa-se um "lentigo" cercado por área acrômica, que surge na infância ou na adolescência. Umas vezes aparece o lentigo e depois o halo acrômico; outras vezes, pelo contrário, é a mancha acrômica que primeiramente se vê.


Inúmeros mitos giram em torno dos "sinais", principalmente em virtude da sua associação com melanoma maligno. As seguintes são as versões corretas desses mitos:
.

* Os sinais das palmas, plantas e genitália não são potencialmente perigosos e não necessitam, com exceções, ser removidos. 10% dos homens jovens têm sinais nas palmas, plantas e genitália, todavia melanoma maligno é incomum nestes locais;
.

*A eletrólise dos pêlos dos nevos compostos não é perigosa:
.

*A excisão de um sinal benigno não provoca alteração maligna;
.

O mito de que a excisão é perigosa deve presumivelmente ter-se originado depois que um melanoma maligno, erradamente diagnosticado como sinal benigno, foi removido e subseqüentemente metastatizou. A maioria dos melanomas malignos se originam da pele anteriormente normal, e não de sinais, absolutamente. Os restantes originam-se de nevos congênitos ou de nevos displásicos e apenas às vezes de sinais adquiridos comuns.

.
.
.
Tratamento:
.
A principal preocupação a respeito do nevo melanocítico congênito reside no seu potencial maligno. Certamente há um risco grandemente aumentado de melanoma maligno no nevo pigmentado gigante congênito ( nevo em calção de banho). O risco em um nevo congênito comum parece ser muito baixo porque melanoma maligno é um tumor incomum, todavia 1% da população possui esses nevos congênitos.
O melhor conselho é que esses nevos devem ser excisados, se isto for tecnicamente possível sem mutilação e mau efeito estético, o que na prática abrange apenas os menores. Uma vez que um local comum de melanoma maligno é a perna em mulheres e o tronco em homens, deve-se sempre considerar a remoção dos nevos congênitos nestas áreas.
.
.
.
** Se você possui algum sinal (ou mancha) que está mudando de cor, que "coça", que sangra, que está aumentando de tamanho, procure um Dermatologista ou um Oncologista. ***
.
.

18 comentários:

Anônimo disse...

Oi Silvia!
Gostaria muito de saber como agente faz para acompanhar os blogs dos amigos. É somente ir em seguir. Pois uma outra colega blogueira, me pediu como fazer, mas eu também não sei muito bem. Percebi em seu blog, que tem vários blog que você acompanha. achei muito legal. Pois passei rapidamente por lá.
Você é medica em que especialidade???.
Pois gostaria de tirar duas dúvidas com você.
Fico no aguardo.
Sandra.

Anônimo disse...

Gostaria de saber sobre este assunto...
meu filho de 5 anos tem nevos melanocito na unha do dedão desde q nasceu...com o tempo foi aumentando a largura do mesmo..o q era uma linha..passou a ser uma manchinha.
Qdo ele tinha 6 meses o levei a uma dermatologista em Araçatuba/SP.Ela me disse q não era pra eu me preocupar..q qdo ele tivesse uns 2 aninhos eu retornasse a ela novamente e assim eu fiz...só q dai ela se preocupou me encaminhou a um cirurgião pediatrico, mas dai pasasei por mais de 5 medicos e ninguem me dava uma posição até q um cirurgião plástico q fez a 1° cirurgia do meu filho...passaram-se uns meses e novamente a linha apareceu...levei meu filho a um Oncologista..foi feito a 2° cirurgia...passaram-se alguns meses e novamente voltou no mesmo dedo ao lado de onde foi retirado o nevos..o medico me disse q provavelmente NÃO voltaria pq a extenção q ele havia retirado era maior pra justamente não correr o risco de voltar o nevos..mas infelismente voltou.
Ele diz não ser maligno..mas como eu posso concordar se ele somente olha? não fez um exame se quer....
Portanto fui a um dermatologista..fiz o exame dermatoscópio e o Dermatologista me pediu para levá-lo ao Oncologista novamente..pq na opinião do dermatologista deveriamos fazer outra cirurgia, mas o oncologista acha desnecessario..fico sem saber como agir. Uns me disseram para levá-lo a Barretos..Não sei como agir...minha sogra interfere.diz q vão matá-lo se eu levar ele a Barretos..
q Tipo de exame pode ser mais especifico neste caso?
Por favor me aconselhe..me ajude..
Obrigada desde já
KARINA AMARAL GOMES

Anônimo disse...

Boa Tarde,

Dra. Sylvia

Estava pesquisando sobre nevos melanociticos e encontrei seu Blog, tenho uma filha com 2 meses, de pre natal e parto normal, que ao nascimento nasceu com nevos melanociticos gigantes "calção de banho" e outros menores (pintas) nos membros inferiores e superiores e na cabeça, achei muito interessante seu Blog e estou com muitas dúvidas gostaria que me falasse mais sobre a doença já que e tão rara, os médicos ainda não me deram nenhuma explicação,gostaria de saber queis as consequencias, e as chances de tornar maligno e se há tratamento?
Se preferir poderei enviar algumas fotos para qualquer dúvida.
Gostaria por favor que mantivessemos contato, pois tenho muitas dúvidas e estou um pouco assustada com tudo isso.

Aguardo uma resposta.

Atenciosamente....

Valéria

Anônimo disse...

Caras amigas(os)

Gostaria de pedir que visitassem o meu blog e deixassem seus comentarios, que para mim, são de suma importancia.As criticas, sugestoes e elogias me ajudam, em muito, a crescer. Aguardo sua presença.Desde já lhes agradeço. Bjs e bela semana para todos!!!
http://rachanfada.blogspot.com

amorlacoseternos disse...

Olá, gostaria de deixar um recado para a Valéria que deixou um recado no dia 15 de agosto de 2009. Meu nome é Francine, sou de Sorocaba-s.p., estava pesquisando sobre o caso e achei este blog, pois tbm tenho uma filha que nasceu com o mesmo caso, hoje ela está com 4 anos, e pelos seus comentarios vi que voce está meio perdida, assim como eu também fiquei, totalmente perdida. Depois de passar po inumeros medicos, uma pediatra me indicou que o emlhor tratamento seria no hospital AC Camargo em SÃO PAULO, fica na Rua Antonio Prudente, no bairro da Liberdade, passo lá com a Dra. Bianca na Oncologia Cutanea, e lá foi aonde me encontrei, pois eles já conhecem casos semelhantes como esse, ela já fez 4 cirurgias, para TENTAR ir aos poucos retirando as pintas, pois são gigantes, e com isso fazendo as biopsias para ver se é benigno ou maligno. Se caso vc se interessar pode me enivar um email, ou até mesmo nos falarmos ao telefone, pois vi o seu desespero, já passei por isso e sei como é, agente perde o rumo e o sentido, nem sabemos o q fazer, o q pensar e como agir, mas de uma coisa adianto a voce, PRIMEIRAMENTE DEUS em nossa vida e segudo as mãos dos médicos, vou deixar meu email para voce entrar em contato, caso queira, abçs,até mais... vendas@lacoseternos.net - Um abraço a todos que estão vendo esse blog...

Anônimo disse...

Boa Tarde,

Dra. Sylvia

Estava pesquisando sobre nevos melanociticos e encontrei seu Blog, tenho uma filha com 2 meses, de pre natal e parto normal, que ao nascimento nasceu com nevos melanociticos gigantes "calção de banho" e outros menores (pintas) nos membros inferiores e superiores e na cabeça, achei muito interessante seu Blog e estou com muitas dúvidas gostaria que me falasse mais sobre a doença já que e tão rara, os médicos ainda não me deram nenhuma explicação,gostaria de saber queis as consequencias, e as chances de tornar maligno e se há tratamento?
Se preferir poderei enviar algumas fotos para qualquer dúvida.
Gostaria por favor que mantivessemos contato, pois tenho muitas dúvidas e estou um pouco assustada com tudo isso.

Aguardo uma resposta.

Atenciosamente....

Valéria

Anônimo disse...

BOA TARDE A TODOS !! ESTAVA PESQUISANDO SOBRE NEVOS MELANOCITICOS CONGENITOS E ACHEI ESTE BLOG , MINHA FILHA TEM 4 MESES E NASCEU COM NEVOS NAS COSTAS , UM POUCO GRANDE , LEVEI A UM DERMATOLOGISTA AQUI NO RJ E ELA DISSE PARA ACOMPANHAR SOMENTE AS ALTERAÇÕES , SE HOUVER . ACONTECE QUE GOSTARIA DE MAIS OPINIÕES SOBRE O ASSUNTO E SABER SOBRE CASOS IGUAL AO DELA , O MÉDICO NÃO ME CONVENCEU DE QUE NADA PODE SER FEITO , AFINAL ELA É A COISA MAIS IMPORTANTE DA MINHA VIDA !

ABS
STEPHANIE - RJ

Anônimo disse...

Minha filha tem 5 meses e com 15 dias de vida apareceu uma manchinha na perna esquerda e que vem aumentando e que agora ta no torax.
Levei em vários dermo e me falaram que ela tem nevo epidermico.
Mais as manchas são claras,e perquisei na internet e não achei nada parecido com o dela.Gostaria de saber mais sobre o nevo.
Estou mto preocupada!!
Aguardo uma resposta
Alessandra
email:alessandra.c.franco@hotmail.com

luca disse...

Tenho um filho que tem nevus pigmentado gigante na face e que esta retirando no hospital das climicas em SP.
Ele coloca expansores e ao retirar vai tirando o nervus e cobrindo com pele normal...

luca disse...

Tenho um filho de 04 anos que nasceu com nervus gigante na face e esta fazendo o tratamento no hospital das clinicas em SP.
já retirou 70% do nervus.

Anônimo disse...

Drª Silvia.

Bom dia!

Gostaria de saber pq meu enteado que tem nevo pigentado verrucoso, ou seja varias verrugas juntas, exala um cheiro horrivel no decorrer do dia, tem dia que le tem um cheiro de carne estragada, quase impossivel de ficar ao lado dele, seu quarto tem um cheiro desagradavel e suas roupas tbem, gostari de saber se tem alguma coisa que possamos fazer para amenizar isso, pois ele ja esta com 16 anos e tem se fechado do mundo e da convivencia com as pessoas pois qse ninguem consegue ficar muito tempo ao seu lado sem fazer um comentario maldoso a respeito de seu cheiro ruim, o medico que trata ele falou que a doença dele não tinha cura e nem tratamento e que ele não teria mais do que uns 4 anos de vida, ja fizemos varias biopsia e o medico fala que não tem como retiarar com laser pq a doença toma mais de 80% do corpo. mais qria pelo menos que le tivesse um cheiro mais agradavel pois esse problema está afetando tanto a vida dele qnto a nossa que convivemos com ele.

luca disse...

Meu filhos tem e se trata no hospita das clínicas em SP e é adotado pela secretaria de saúde, recebe as passagens aéreas e as diárias para ele e o acompanhante que não é muita coisa r$ 50,00 por dia de estada e lá eles tratam muitas pessoas com nervus.
Este tratamento só tem em São Paulo.

luca disse...

Meu filhos tem e se trata no hospita das clínicas em SP e é adotado pela secretaria de saúde, recebe as passagens aéreas e as diárias para ele e o acompanhante que não é muita coisa r$ 50,00 por dia de estada e lá eles tratam muitas pessoas com nervus.
Este tratamento só tem em São Paulo.

Anônimo disse...

Essa médica poderia pelo menos responder aos comentários dos casos mais críticos não é verdade?

Que falta de respeito com o leitor!!

Jéssica

Estações da Vida disse...

Caros leitores, este blog é apenas informativo, isto é, tem por finalidade vos alertar sobre as moléstias e algumas outras questões aqui colocadas. Por orientação do Conselho Federal de Medicina e até por respeito aos leitores, não consultamos via online. Em caso de dúvidas, procurar ajuda de um médico.

Anônimo disse...

tenho um filho de dois anos e cinco meses que nasceu com nevos gigantes em todo tronco, e alguns nas pernas e bracos. existe alguma locao especifica que possa amenizar o sinal? 81 94734823

Anônimo disse...

olá, tenho uma filha de 3 anos q nasceu com nevo melanociticos gigan te nas costa,perna e cabeca e ja levei a varios dermatologistas e cada um diz uma coisa. fico preoculpada pois cossa e as vezes aparece feridinhas. preciso de uma orientação
pq fico sem saber o q fazer tenho apenas algumas certezas é q ela não pode ficar exposta ao sol e q tem q esta sempre hidratando a pele para não ressecar, porque acho q é por isso q aparece as feridinha q por sinal demoram a cicatrizar. peço q me ajude.
MÃES, VAMOS NOS UNIRMOS PARA AJUDAR NOSSOS FILHOS.
ESPERO PODER TER SEMPRE CONTATO COM VOCÊS PARA COMPARTILHARMOS NOSSA DUVIDAS!

QUE DEUS CONTINUE NOS ABENÇOANDO E NOS DANDO SABEDORIA PARA ENTENDERMOS QUAL O SEU PROPÓSITO EM NOSSAS VIDAS,COM ESSAS BENÇÃO Q SÃO NOSSOS FILHOS.

Anônimo disse...

olá, tenho uma filha de 3 anos q nasceu com nevo melanociticos gigan te nas costa,perna e cabeca e ja levei a varios dermatologistas e cada um diz uma coisa. fico preoculpada pois cossa e as vezes aparece feridinhas. preciso de uma orientação
pq fico sem saber o q fazer tenho apenas algumas certezas é q ela não pode ficar exposta ao sol e q tem q esta sempre hidratando a pele para não ressecar, porque acho q é por isso q aparece as feridinha q por sinal demoram a cicatrizar. peço q me ajude.
MÃES, VAMOS NOS UNIRMOS PARA AJUDAR NOSSOS FILHOS.
ESPERO PODER TER SEMPRE CONTATO COM VOCÊS PARA COMPARTILHARMOS NOSSA DUVIDAS!

QUE DEUS CONTINUE NOS ABENÇOANDO E NOS DANDO SABEDORIA PARA ENTENDERMOS QUAL O SEU PROPÓSITO EM NOSSAS VIDAS,COM ESSAS BENÇÃO Q SÃO NOSSOS FILHOS.